FALE CONOSCO

31   3270-3999

WhatsApp

Concurso

Dicas para não se enrolar no Inglês

A cada dia que passa, a presença do Inglês está mais recorrente no cotidiano. Nos concursos, essa disciplina está se tornando uma matéria fixa no conteúdo programático de grande parte das provas. Veja algumas dicas para te ajudar na hora dos exames!

Como o Inglês é cobrado pelas bancas do concurso? Qual é o nível de exigência delas?

O nível varia conforme a banca organizadora. Ultimamente, têm sido cobrados temas mais atuais, enquanto termos mais técnicos diminuíram. Assim, o candidato deve estar acompanhando diversos assuntos mesmo que em Português, porque o conhecimento prévio é de grande valia na hora de fazer a prova. Por isso, a importância de se manter sempre atualizado. Os textos se mostram bem interessantes, fazendo com que o aluno entenda facilmente. Até mesmo aqueles que não têm muito conhecimento conseguem ter um entendimento favorável.

E sobre algumas palavras e expressões que podem ganhar duplo sentido? Como lidar com essas questões?

Na verdade, o que mais dificulta é se tiver uma expressão idiomática. Várias vezes elas têm duplo sentido e o mais conhecido não se aplica na frase. A primeira coisa que vem à cabeça de quem não tem muito conhecimento é traduzir ao pé da letra, o que não vai fazer sentido. Nessas horas, a melhor saída é ver pelas opções que a banca está dando. Também há o “skimming”, o “scanning”, os quais são técnicas de leitura. No “skimming”, por exemplo, o candidato reconhece a ideia central do texto, que durante a leitura dele e até das questões, ele já tem mais ou menos uma ideia do que o texto está tratando.

Diante de tantas disciplinas para se dedicar, qual é a melhor forma de elaborar um plano de estudos do Inglês?

O ideal é todo dia ler alguma coisa em Inglês. Primeiro começar até lendo os textos de um curso que está fazendo ou de algum veículo de informação de um país com língua inglesa, por exemplo. Além disso, os candidatos devem conhecer as provas da banca. Algumas pessoas têm conhecimento razoável em Inglês, mas não conhecem o tipo de prova que vão fazer e não têm bom desempenho por não saberem como a organizadora trabalha o conteúdo. Há questões que podem ser feitas com muita rapidez, mas é preciso dedicar um tempo para estudar assuntos como os verbos modais. Diversos conteúdos aparecem com muita frequência. E se possui conhecimento, rapidamente o concurseiro resolve as questões.

Qual tipo de material aqueles que não estão fazendo um curso devem procurar?

A melhor forma de encontrar os textos ideais é estudar as provas anteriores e observar as suas fontes. Por exemplo, muitos dos textos que a Cesgranrio trabalha são da “The Economist”.

Quais assuntos mais aparecem nas provas de concurso?

O conteúdo de sinônimos e antônimos, juntamente com a formação de sufixos e prefixos e marcadores de discurso, esses elementos são muito importantes, porque introduzem ideias. Assim, se você não sabe o que elas estão introduzindo, não tem nem como se orientar no texto.  O processo de formação de palavras, com fixação e prefixação, é um grande trunfo, porque reconhecendo como as palavras vão sendo formadas, o candidato ganha muitos pontos entendendo a movimentação de sufixos e prefixos. A estrutura frasal também é muito importante, já que as palavras vão mudando de posição e, consequentemente, de significado.

Qual parte do conteúdo de Inglês que possui maior índice de erros?

A maioria dos erros estão relacionados à interpretação de texto, pois este é, geralmente, muito longo e é importante que o candidato leia tudo. Aqueles que não têm muito conhecimento erram devido a isso. Os alunos têm que manter uma disciplina, mesmo que o concurso tenha acabado, o estudo da disciplina deve ser mantido. É necessário continuar estudando o vocabulário, principalmente aquele candidato que não tem muita base em Inglês, porque é o vocabulário básico que aumenta o entendimento na língua estrangeira.

Qual é a melhor forma dos candidatos que não têm facilidade em língua estrangeiras superar o bloqueio com o Inglês?

Na língua inglesa, há uma espécie de “esqueleto”, uma estrutura na qual os elementos do vocabulário se encaixam. Por meio do estudo diário e de disciplina, o candidato que não conhece muito o Inglês vai a acelerar seu processo de aprendizagem, reconhecer os elementos na frase com maior rapidez e conseguir resolver as questões.

 

Fonte: Folha Dirigida

 


Informativos Mega

Para receber nossos informativos pelo whatsapp, pedimos por gentileza, que adicione nosso número em seus contatos: 31-99728-5431