FALE CONOSCO

31   3270-3999

WhatsApp

31 99667-5531

Concurso

ENEM 2014

rp_post-it-note-300x265.png

Já disponivel a consulta individual das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014. Segundo a pasta, prestaram o exame 6.193.565 candidatos (71% do total de 8.721.946 inscritos). Entre os alunos participantes, 529.374 obtiveram nota zero na redação da prova (8,5% dos candidatos). Deste número, foram anuladas 248.471 redações. O MEC informou ainda que 250 candidatos tiveram nota mil na redação, número máximo possível. Além disso, pouco mais de 35 mil alunos obtiveram notas entre 901 e 999.

O candidato deve acessar sua nota através do link abaixo e inserir seu número de inscrição do Enem, CPF e senha de acesso. Qualquer dúvida, pode ligar para o telefone de auxílio do Enem: 0800 61 61 61.

Conforme informou a assessoria do novo ministro da Educação, Cid Gomes, o exame, que serve como critério de seleção para várias universidades do país, foi feito por 6,2 milhões de candidatos. O número é 24% mais alto que em 2013, quando 5 milhões de pessoas compareceram para fazer as provas.

A nota do Enem poderá ser usada para participar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), cujas inscrições poderão ser feitas de 19 à 22 de janeiro e do Programa Universidade para Todos (ProUni), com inscrições de 26 à 29 de janeiro.

O Enem 2014 foi aplicado nos dias 08 e 09 de novembro. No total, 8.721.946 estudantes estão aptos a fazer o exame. No sábado, os participantes fizeram as provas de ciências humanas e ciências da natureza, de 13h às 17h30min (horário de Brasília). No domingo, foram aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação.

No último exame, o Ministério da Educação bateu recorde com a participação de mais de 6,2 milhões de candidatos, segundo dados divulgados pelo próprio MEC. No total, 8,7 milhões de pessoas se inscreveram para a prova, mas o índice de abstenção foi de 28,6%, abaixo da taxa de 29% registrada na edição anterior. O número de pessoas que fizeram as provas foi cerca de 24% mais alto que em 2013, quando 5 milhões de candidatos compareceram ao exame.

De acordo com o ministro Henrique Paim, neste ano pelo menos 1.519 pessoas foram eliminadas durante a aplicação das provas. Desses, 236 foram afastados por uso de celular. As provas foram aplicadas em 1.752 municípios, 17.367 locais e um total de 242.948 salas. Dessa vez, mais de 17 mil detectores de metal foram espalhados pelos locais de prova de todo o país para tentar combater qualquer tentativa de fraude.

O exame, maior do tipo no país e um dos maiores do mundo, pode ser usado de diversas formas para o ingresso em uma universidade:

Seleção para universidades
As notas do Enem são usadas para selecionar os candidatos para as vagas em universidades federais e outras instituições de ensino. As universidades podem usar o Enem como único método de seleção, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que terá a primeira edição de 2015 em janeiro, ou fazer uma combinação entre as notas do Enem e seu vestibular próprio. O Sisu já recebeu a adesão da maioria das universidades e institutos federais e, na última edição, ofereceu mais de 170 mil vagas.

Programa Universidade para Todos (Prouni)
Para disputar uma bolsa de estudos do Prouni, que varia de 50% à 100% do curso de uma instituição de Ensino Superior privada, o candidato precisa ter obtido nota mínima de 400 pontos no Enem, entre outros requisitos. Desde 2004, quando foi criado, o Prouni já ofereceu mais de 1,2 milhão de bolsas de estudo em cursos de graduação e sequencias de formação específica.

Financiamento estudantil (Fies)
Estudantes que concluíram o Ensino Médio a partir de 2010 e queriam solicitar o Fies deveriam fazer as provas do Enem, caso contrário, não poderão solicitar o benefício. Não há nota mínima obrigatória. Estão isentos desta exigência os professores da rede pública de ensino. Pelo Fies é possível financiar os cursos de graduação bem avaliados junto ao MEC. A taxa de juros é de 3,4% ao ano para todos os cursos. Ele pode ser solicitado pelo estudante em qualquer etapa do curso e em qualquer mês. Em agosto deste ano, o governo divulgou a assinatura do milionésimo contrato do Fies.

Ciência sem Fronteiras
O programa de intercâmbio do governo federal prevê, até 2015, oferta de 101 mil bolsas de estudo para intercâmbios no exterior destinado à alunos de graduação e pós. A partir de 2013, o Enem passou a ser obrigatório aos alunos interessados nas bolsas de estudo da graduação-sanduíche. Para participar, é preciso ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2009 e conseguido a média mínima de 600 pontos. Os candidatos também são avaliados de acordo com seu aproveitamento acadêmico na universidade.

Certificação do Ensino Médio
Quem tem no mínimo 18 anos e não concluiu o Ensino Médio pode conseguir a certificação por meio do Enem. A pontuação mínima é 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e 500 pontos na redação. Desde 2009, quando o Enem ganhou a função de conferir o certificado, o número de candidatos que solicitaram a certificação do ensino médio triplicou: foi de 197.991 naquele ano para 997.131 em 2014.

Fonte: G1

 


Download de Provas

ENEM 2013 2013
ENEM 2012 2012
Informações
LIVRARIA ON-LINE

 

 

Informativos Mega

Para receber nossos informativos pelo whatsapp, pedimos por gentileza, que adicione nosso número em seus contatos: 31-99728-5431