FALE CONOSCO

31   3270-3999

Concurso

ENEM 2020


Após prorrogação até 27 de maio de 2020, as inscrições para as provas do Enem 2020 estão encerradas. As datas das provas ainda estão indefinidas e deverão ser escolhidas em uma enquete com os participantes a partir de junho, na Página do Participante.

As provas impressas do Enem 2020 estavam previstas para serem aplicadas nos dias 1 e 8 de novembro,  assim como as provas digitais, previstas para os domingos 22 e 29 de novembro, foram adiadas de 30 a 60 dias, ou seja, as provas serão realizadas em dezembro de 2020 ou janeiro de 2021.  Tudo isso devido a questionamentos judiciais mediante os efeitos da pandemia da Covid-19, com a suspensão das aulas presenciais. O debate chegou até o Congresso Nacional, onde o adiamento está sendo discutido.

A maior novidade do Enem 2020 será a aplicação de provas digitais, ou seja, os estudantes poderão fazer o exame pelo computador. No primeiro ano do projeto piloto, até 50 mil estudantes de 15 capitais irão fazer as provas digitais. As capitais que receberão a prova no formato digital em 2020 serão Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Goiânia, João Pessoa, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. O valor da inscrição é o mesmo para os dois modelos.

O Enem digital seguirá a mesma estrutura do Enem impresso. Os participantes que optarem pelo exame digital deverão comparecer ao local de prova indicado pelo Inep no cartão de confirmação da inscrição. Não serão realizadas provas em casa ou em computadores pessoais.

A implantação do Enem Digital será progressiva, com previsão de consolidação em 2026. A intenção do Ministério da Educação (MEC) é aumentar a cada ano a quantidade de participantes que farão as provas digitais, até elas substituírem totalmente as provas impressas. A medida visa, a longo prazo, reduzir custos de impressão.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é utilizado como critério de seleção para quem pretende ingressar em faculdades públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), faculdades particulares concorrendo a uma bolsa do Programa Universidade para Todos (Prouni), conseguir o Financiamento Estudantil (Fies), participar de seleções em instituições de educação superior em Portugal e, além disso, diversas faculdades brasileiras já usam o resultado do exame como critério de seleção para o ingresso no ensino superior, seja complementando ou substituindo o vestibular.

O que estudar?

O formato das provas será o mesmo do Enem 2019, abordando cinco áreas de conhecimento, com o total de 180 itens, além da redação:

– Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação;
Redação (Dissertativa-Argumentativa);
– Matemática e suas Tecnologias;
– Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Química, Física e Biologia;
– Ciências Humanas e suas Tecnologias: Geografia, História, Filosofia e Sociologia.

No primeiro dia, os candidatos têm 5h30 para realizar provas objetivas dos conteúdos de Linguagens e suas Tecnologias, Ciências Humanas e Redação; enquanto no segundo dia, são 4h30 destinadas aos exames de múltipla escolha de Ciências da Natureza e Matemática e suas Tecnologias.

Acompanhe as atualizações sobre o Enem em nosso site e prepare-se com o Mega!

 

 

 

 

Informativos Mega

Para receber nossos informativos pelo whatsapp, pedimos por gentileza, que adicione nosso número em seus contatos: 31-99728-5431