FALE CONOSCO

31   3270-3999

Concurso

Policial Penal de Minas Gerais (Agente Penitenciário)


Concurso para Policial Penal em 2020

Foi promulgada a Proposta de Emenda à Constituição que transformou o cargo de Agente Penitenciário em Policial Penal, equiparando-o aos demais policiais brasileiros, do seleto rol da Segurança Pública.

O impacto que a transformação traz à profissão reflete diretamente no poder de investigação, na remuneração e nos benefícios do cargo, assim como na segurança dos estabelecimentos penais e na escolta de presos, que antes contavam com o apoio das Polícias Civil e Militar.

O Secretário de Justiça e Segurança Pública, general Mário Lúcio de Araújo, em resposta a questionamentos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), afirmou que existe uma carência de aproximadamente 1.100 Agentes Penitenciários no Estado e que, devido a uma ação direta de inconstitucionalidade, acatada pelo TJMG, não será mais possível realizar a contratação temporária, por isso estudos para novo concurso já foram iniciados.

O presidente do Comitê de Orçamento e Finanças, Otto Reis, informou que a abertura do novo Concurso está sendo avaliada pelo Comitê, considerando a necessidade de vagas e alocação nas diversas Unidades da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública – SEJUSP.

Os interessados em ingressar na carreira de Policial Penal de Minas Gerais já devem iniciar os estudos. A previsão é que o concurso tenha estrutura e conteúdo programático semelhantes aos da última seleção de Agente Penitenciário, pelo regime estatutário, em 2013.

Último Concurso

O último concurso para Agente Penitenciário pelo regime estatutário, ou seja, que garante a estabilidade profissional, teve edital publicado em dezembro de 2013. A carga horária de trabalho divulgada foi de 40 horas semanais, com dedicação exclusiva, e a remuneração, R$ 4.098,00.

Na época, os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva, redação, exame de saúde, teste de aptidão física, exame psicológico, curso de formação técnico-profissional e investigação social. No total, foram disponibilizadas 3.535 vagas, das quais 450 eram para mulheres e 3.085 destinadas a homens.

A banca organizadora do concurso foi o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). O cargo exigiu o ensino médio completo ou curso profissionalizante, em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

O conteúdo programático para a prova objetiva contemplou os conhecimentos de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico Quantitativo e Conhecimentos Gerais.

 

 

Provas Online

Secretaria de Estado de Defesa Social/MG Agente de Segurança Penitenciário 02/12/2012
Secretaria de Estado de Defesa Social/MG Agente de Segurança Penitenciário 11/11/2007
Secretaria de Estado de Defesa Social/MG Agente de Segurança Penitenciário 21/12/2014

 

Informativos Mega

Para receber nossos informativos pelo whatsapp, pedimos por gentileza, que adicione nosso número em seus contatos: 31-99728-5431