FALE CONOSCO

31   3270-3999

Concurso

Policial Penal de Minas Gerais (Agente Penitenciário)


O Selecon (Instituto Nacional de Seleções e Concursos) e o Instituto AOCP foram os vencedores de melhores propostas do processo de pregão eletrônico para o Concurso da Polícia Penal no dia 9 de junho de 2021.

O Instituto Selecon foi o vencedor para prestar serviço de organização, formulação de questões operacionalização e logística para o concurso, que são as 5 primeiras etapas do concurso, enquanto o Instituto AOCP foi o vencedor do processo de licitação para aplicação do Curso de Formação.

A escolha ainda não é definitiva, pois o processo será retomado no dia 11 de junho e apenas então as bancas deverão ser oficialmente anunciadas. A etapa seguinte será a de assinatura de contratos e, após a contratação da banca, o Selecon terá até 20 dias corridos para elaborar o edital e validar junto à Sejusp.

O Projeto Básico publicado pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) prevê 2.420 vagas para o cargo de Policial Penal (Agente Penitenciário), sendo 1.944 para o sexo masculino e 476 para o sexo feminino. Serão reservadas 242 para pessoas com deficiência.

Para tomar posse no cargo de Policial Penal, o candidato deve ter idade mínima de 18 anos e também deve ter concluído o ensino médio de escolaridade.

Ainda de acordo com o Projeto Básico, a remuneração será de R$4.631,25, para jornada de trabalho de 40 horas por semana. Esse período poderá ser cumprido em escala de plantão, de acordo com a necessidade do trabalho.
As etapas do concurso serão:

– Prova Objetiva (60 questões);
– Redação;
– Prova de Avaliação Psicológica e Psicotécnica;
– Exames Médicos;
– Prova de Condicionamento Físico (TAF);
– Comprovação de Idoneidade e Conduta Ilibada (Investigação Social);
– Curso de Formação Técnico-Profissional.

Os candidatos serão avaliados, primeiro, por provas objetivas e de redação, com duração de 5 horas. Os exames serão compostos por 60 questões, sendo quatro alternativas em cada uma delas, distribuídas da seguinte forma:

– Língua Portuguesa: 10 questões
– Raciocínio Lógico: 5 questões
– Informática Básica: 5 questões
– Noções de Direito: 10 questões
– Direitos Humanos:  10 questões
– Legislação Especial: 20 questões

Será classificado quem conseguir o mínimo de 60% do total de pontos atribuídos na prova objetiva e mínimo de 40% em cada disciplina. Já a redação será sobre tema fornecido no momento da aplicação, com 20 a 30 linhas, e serão corrigidas as redações dos candidatos que alcançarem a pontuação mínima e que estejam dentro do limite equivalente a 5 vezes o número de vagas do concurso. 

A prova de aptidão física exigirá os exercícios a seguir:

– Teste de flexão em barra fixa;
– Teste de flexão abdominal;
– Teste de impulsão horizontal;
– Teste de flexão de braços no solo;
– Teste de corrida de 12 minutos.

No ato da inscrição o candidato irá escolher a cidade que fará as provas, entre Belo Horizonte, Contagem, Vespasiano, Juiz de Fora, Uberaba, Lavras, Divinópolis, Governador Valadares, Uberlândia, Patos de Minas, Montes Claros, Ipatinga, Barbacena, Curvelo, Teófilo Otoni, Unaí, Pouso Alegre, Poços de Caldas e Sete Lagoas.

O concurso Polícia Penal será geral, pois as oportunidades serão distribuídas exclusivamente por quadro setorial e as nomeações ocorrerão à critério da Administração Pública, assim, o aprovado pode ser nomeado para qualquer uma das unidades prisionais do Estado.

Os classificados em todas as etapas serão convocados para o curso de formação, em duas chamadas para o curso: a primeira com os classificados de 1ª a 1.249ª colocação, a segunda com os classificados de 1.250ª a 2.497ª colocação.

Os novos Agentes de Segurança Penitenciária deverão ser nomeados como Policial Penal, pois a PEC nº 53/2020, que formaliza a transformação da carreira, está na fase de parecer da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, que em dezembro de 2020 publicou a aprovação pela constitucionalidade, legalidade e juridicidade.

 Outros cargos

Lembrando que está em andamento o concurso para preenchimento de  211 vagas de Assistente Executivo de Defesa Social, na função de Auxiliar Educacional, organizado pelo Instituto Brasileiro de Gestão e Pesquisa (IBGP), com requisito de nível médio de escolaridade e remuneração de R$ 1.750,10, que pode chegar a R$2.275,13, com o adicional do local do trabalho de 30%.

Também está previsto para este ano o concurso da carreira de Agente de Segurança Socioeducativo, para preenchimento e alocação de 80 vagas nas diversas unidades.

 

 

Provas Online

Secretaria de Estado de Defesa Social/MG Agente de Segurança Penitenciário 02/12/2012
Secretaria de Estado de Defesa Social/MG Agente de Segurança Penitenciário 11/11/2007
Secretaria de Estado de Defesa Social/MG Agente de Segurança Penitenciário 21/12/2014

 

Informações
Vagas

2.420 vagas

Remuneração

R$4.631,25

 

 

Informativos Mega

Para receber nossos informativos pelo whatsapp, pedimos por gentileza, que adicione nosso número em seus contatos: 31-99728-5431