FALE CONOSCO

31   3270-3999

Concurso

Banco do Brasil


É aguardado novo edital para seleção externa do Banco do Brasil (BB) para março, para o cargo de Escriturário. Segundo o jornal Folha Dirigida, fontes internas do Banco do Brasil adiantaram que a banca organizadora já teria sido escolhida, mas o nome ainda não foi revelado.

O último concurso Banco do Brasil ocorreu em 2018, para o preenchimento de 60 vagas em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Embora ainda não exista uma confirmação da data de publicação do edital, é sabido que a carência de servidores é grande. Tanto é assim que os bancários já realizaram protestos em favor da contratação de mais servidores. 

O Escriturário é o cargo inicial da carreira administrativa, com carga-horária de 30 horas semanais, demanda nível médio de escolaridade e tem remuneração de R$4.036,56, incluindo salário-base (R$ 2.718,73), ajuda alimentação e refeição (R$ 737,00) e cesta alimentação (R$ 580,83).  Oferece a possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional, participação nos lucros/resultados e participação em planos assistenciais/previdenciários complementares.

Último Concurso

Seguindo como referência o edital 2018/001, publicado mais recentemente, com oportunidades para Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), é possível fazer uma projeção sobre o conteúdo programático que será cobrado para Escriturário.

Conhecimentos Básicos – Língua Portuguesa; Língua Inglesa; Matemática; e Atualidades do Mercado Financeiro.

Conhecimentos Específicos – Probabilidade e Estatística; Conhecimentos Bancários; e Conhecimentos de Informática.

Nível Superior

O presidente da instituição, Rubem Novaes, já havia adiantado a vários jornalistas que a instituição estuda lançar concurso público com prioridade na área de tecnologia e inovações.

Segundo ele, o projeto já foi encaminhado e o vice-presidente de recursos humanos do banco está dando total prioridade ao assunto, mas ainda não há previsão de ofertas de vagas, nem a data para o lançamento do edital. O concurso deverá ter amplitude nacional, abrangendo diversos estados do país.

Hoje a porta de entrada do Banco do Brasil é somente por concurso para Escriturário e, segundo Novaes, os bancos públicos têm mais dificuldade de reter talentos que os bancos privados, criando maiores obstáculos para competir com as fintechs.

Além disso, a 3ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) em Brasília, decidiu que o Banco do Brasil deve passar a contratar profissionais de nível superior apenas através de concurso público.

Até então, o funcionário de nível superior começava no Banco como Escriturário e passava por avaliação interna para ser promovido, caracterizando, segundo o Ministro Marco Aurélio, desvio de funcionários de nível médio para cargos de nível superior. Com a nova regulamentação, foi dado prazo de dois anos para o banco se adequar. 

 

 

Informativos Mega

Para receber nossos informativos pelo whatsapp, pedimos por gentileza, que adicione nosso número em seus contatos: 31-99728-5431