FALE CONOSCO

31   3270-3999

WhatsApp

31 99728-5431

Concurso

Guarda Municipal de Belo Horizonte – GMBH

O Secretário Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, André Abreu Reis, instituiu a comissão organizadora do concurso público para provimento de até 2 mil vagas para cargo público efetivo de Guarda Municipal de Belo Horizonte.

Fica sob responsabilidade da Comissão Organizadora do concurso público:

I – Colaborar na elaboração do edital nos itens que forem de competência do Município de Belo Horizonte;
II – Apresentar o edital do concurso público à Sugesp;
III – Planejar, acompanhar e fiscalizar os procedimentos necessários à realização do concurso;
IV – Resolver os casos omissos do edital, com anuência da Subsecretaria de Gestão de Pessoas;
V – Atuar nos termos do Decreto Municipal n° 15.352, de 21 de outubro de 2013.

Aos aprovados, caberá a remuneração inicial de R$2.942,72. A seleção será composta por provas objetivas, avaliação de títulos, capacidade física, além de exames médico e psicológico.

Para Nelson Martins, Assessor de Comunicação da Secretaria Municipal de Segurança e Prevenção – SMSP “uma mudança que passará a vigorar já a partir do próximo concurso, que está em fase de elaboração e ainda não tem data definida para ocorrer, será a exigência do ensino médio”.

Histórico

A Guarda Municipal foi criada em maio de 2003, para atuar na defesa do patrimônio público da Prefeitura de Belo Horizonte, como escolas, parques e unidades de Saúde, com um efetivo de 500 agentes.

Em 2017, com o início da atual administração, a instituição deixou de ser prioritariamente patrimonial e passou a atuar na segurança pública, com o policiamento comunitário preventivo, somando forças com as polícias Civil, Militar e Federal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O novo posicionamento obedece a Lei Federal 13.022/2014, que define o papel das guardas municipais de todo o País. Com isso, a Guarda Municipal de Belo Horizonte ampliou sua lista de atribuições, garantindo o correto uso do espaço urbano, coibindo a ação de vendedores ambulantes clandestinos, o fechamento irregular de vias e a invasão de terrenos públicos.

Polícia Cidadã

Com o intuito de estabelecer um modelo de policiamento focado na prevenção, a Guarda tem diversos programas em vigor, como a Operação Viagem Segura e o Projeto Sentinela, em locais com altos índices de criminalidade, mapeados após análises e estudos.

Sem abandonar a atuação na manutenção da ordem pública, a corporação também desenvolve os projetos Patrulha Escolar e Escotismo, com a missão de criar uma cultura de paz na cidade.

Nelson Martins afirma que é comum que “os guardas municipais sejam considerados pessoas próximas da população e alguém a quem o cidadão pode recorrer sempre que se sentir ameaçado, desrespeitado ou simplesmente precisar de uma informação ocasional”.

Última seleção

Realizado em 2009, o último concurso para a Guarda de Belo Horizonte, que exigiu o nível fundamental, ofereceu 600 vagas. A Fundação Guimarães Rosa organizou a seleção. Do total, 570 foram destinadas a homens e 30, a mulheres. A contratação ocorreu pelo regime estatutário, que garante a estabilidade após 3 anos de efetivo exercício. A avaliação dos candidatos foi por meio de provas objetivas com 15 questões de Língua Portuguesa, 15 de Legislação, 10 de Noções de Geografia Urbana e 10 de História de Belo Horizonte. Os aprovados passaram, ainda, por avaliação de títulos, exames médicos, teste de capacitação física, exame psicológico, sindicância social e curso de formação.

 


Download de Provas

Guarda Municipal-2010 2010
Guarda Municipal-2007 2007

Provas Online

Prefeitura Municipal de Belo Horizonte Guarda Municipal
Prefeitura Municipal de Belo Horizonte Guarda Municipal
LIVRARIA ON-LINE

 

 

Informativos Mega

Para receber nossos informativos pelo whatsapp, pedimos por gentileza, que adicione nosso número em seus contatos: 31-99728-5431