FALE CONOSCO

31   3270-3999

Concurso

Polícia Federal


Publicado o edital do segundo maior concurso da história da Polícia Federal, com a oferta de 1.500 vagas, assim distribuídas:

• 893 (oitocentos e noventa e três) cargos para Agente de Polícia;
• 400 (quatrocentos) cargos de Escrivão de Polícia;
• 123 (cento e vinte e três) cargos de Delegado de Polícia;
• 84 (oitenta e quatro) cargos de Papiloscopista Policial.

As vagas oferecidas são em formato nacional, sem distribuição por regiões. A Polícia Federal irá convocar os aprovados de acordo com as suas necessidades. A Região Norte e as faixas de fronteira são as que demandam mais novos policiais.

Os cargos de Agente Policial, Escrivão e Papiloscopista requerem formação em nível superior em qualquer área e carteira nacional de habilitação na categoria B ou superior, têm remunerações de R$12.980,50, já somado o auxílio-alimentação de R$458.

Já o cargo de Delgado requer formação em Direito, experiência jurídica ou policial de três anos e carteira nacional de habilitação na categoria B ou superior. com remuneração de R$24.150,74, já somado o auxílio-alimentação de R$458. Todos os cargos tem jornada de trabalho prevista de 40 horas semanais.

Os interessados poderão fazer sua inscrição no período de 22 de janeiro a 09 de fevereiro de 2021, no endereço eletrônico da banca organizadora, o Cebraspe. Os valores das taxas de inscrição são R$ 180,00, para os cargos de Agente, Escrivão e Papiloscopista, e R$ 250,00 para o cargo de Delegado. O pagamento deve ser efetuado até 03 de março de 2021.

As provas objetiva e discursiva, de caráter eliminatórias e classificatórias,  estão previstas para 21 de março de 2021 e serão aplicadas em todas as capitais, podendo ser também aplicadas em outras cidades polos, de acordo com a demanda de inscritos. Serão adotadas medidas de biossegurança, devido à pandemia.

A prova objetiva será composta por 120 questões, no estilo Certo ou Errado, contendo disciplinas de Conhecimentos Gerais e Específicos, que variam de acordo com cada cargo:

Agente:
Bloco I, com 60 questões: Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial, Estatística e Raciocínio Lógico.
Bloco II, com 36 questões: Informática
Bloco III, com 24 questões: Contabilidade Geral

Escrivão:
Bloco I, com 60 questões: Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial, Estatística e Raciocínio Lógico.
Bloco II, com 36 questões: Informática.
Bloco III, com 24 questões: Contabilidade Geral e Arquivologia

Papiloscopista:
Bloco I, com 60 questões: Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial, Estatística e Raciocínio Lógico.
Bloco II, com 36 questões: Informática.
Bloco III, com 24 questões: Biologia, Física e Química.

Delegado:
Serão 120 questões objetivas de Direito Administrativo Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Empresarial, Direito Internacional Público e Cooperação Internacional, Direito Penal, Direito Processual Penal, Criminologia, Direito Previdenciário, Direito Financeiro e Tributário. 

Além das provas objetiva e discursiva, haverá também as etapas:

  • Exame de aptidão física (TAF);
  • Prova oral (somente delegado);
  • Avaliação médica;
  • Avaliação psicológica;
  • Avaliação de títulos (somente delegado e perito);
  • Prova prática de digitação (somente escrivão).
  • Investigação social;
  • Curso de formação (Academia Nacional de Polícia em Brasília).

Ainda existe a previsão de 500 vagas excedentes para 2022. Após o processo de seleção, a Polícia Federal contará com o maior efetivo de sua história, podendo ultrapassar 12 mil policiais.

Também há previsão para a autorização do concurso para a área de apoio administrativo com 508 vagas previstas, distribuídas em 349 vagas para o cargo de Agente Administrativo e 159 para outras carreiras de nível superior: Administrador (21), Arquivista (8), Assistente Social (10), Bibliotecário (1), Contador (9), Economista (3), Enfermeiro (3), Engenheiro (1), Estatístico (4), Farmacêutico (1), Médico (65), Nutricionista (1), Odontólogo (11), Psicólogo (5), Técnico em Assuntos Educacionais (13) e Técnico em Comunicação Social (3).

O cargo de Agente Administrativo requer formação em nível médio de ensino e tem remuneração de R$4.710,76. Os demais cargos, que fazem parte do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal requerem nível superior em várias áreas e tem remuneração de R$ 5.559,67.

Último Concurso

O último edital de concurso da PF para a área Policial foi publicado em 2018, oferecendo 500 vagas, contemplando 5 cargos: Agente Policial, Escrivão, Delegado, Perito e Papiloscopista.  A organização foi por conta do Cebraspe (antigo Cespe), com as seguintes etapas de seleção: prova objetiva; prova discursiva, exame de aptidão física; prova oral (somente para Delegado); avaliação médica; avaliação psicológica; avaliação de títulos (somente para Delegado e Perito); prova prática de digitação (somente para Escrivão); investigação social e curso de formação.

Realizado em 2013, o último concurso para a o Agente Administrativo ofereceu 600 vagas. A banca organizadora também foi o Cebraspe e a prova objetiva abordou os seguintes conteúdos: Língua Portuguesa, Noções de Informática, Raciocínio Lógico, Atualidades, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Administração Pública, Noções de Administração Financeira e Orçamentária, Noções de Gestão de Pessoas nas Organizações, Noções de Arquivologia, Noções de Administração de Recursos Materiais e Legislação Aplicada a Polícia Federal.

 

 

 

 

Informativos Mega

Para receber nossos informativos pelo whatsapp, pedimos por gentileza, que adicione nosso número em seus contatos: 31-99728-5431