FALE CONOSCO

31   3270-3999

Concurso

Polícia Rodoviária Federal – PRF


A Assessoria de Imprensa da PRF informou que foi realizado o pedido de um novo concurso público para o provimento de 4.435 vagas, sendo 4.360 para Policial Rodoviário Federal, com formação de nível superior, e 75 vagas para Agente Administrativo, com formação de nível médio.

No final do ano passado, a Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO) aprovou o relatório final do Projeto de Lei Orçamentária Anual, destinando mais de R$724 milhões para a Polícia Rodoviária Federal. É o maior da história da corporação e será utilizado na execução do Plano Estratégico 2020-2028.

O presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), em outubro do ano passado, solicitou junto ao governo a nomeação dos 600 aprovados no concurso de 2018. Também explicou que o plano governamental para eliminar a defasagem na Polícia Federal Rodoviária é lançar um edital a cada ano com 1.000 vagas até 2022.

segurança pública vem ganhando cada vez mais prioridade no cenário político brasileiro, o que pode significar em novo concurso PRF nos próximos meses.

O cargo de Policial Rodoviário exige nível superior, em qualquer área de formação, e Careira Nacional de Habilitação. A remuneração é na forma de subsídio que, no início de carreira corresponde a R$ 10,357,88. Já para a carreira de Agente Administrativo, é preciso ter nível médio completo. O salário é de R$4.022,77, podendo ser acrescido de benefícios.

Último Concurso

O concurso PRF foi composto de duas etapas, tendo a primeira várias fases: Prova objetiva e Discursiva; Exame de capacidade física; Avaliação de Saúde; Avaliação psicológica; Avaliação de títulos; Investigação Social. a segunda etapa compreende o Curso de Formação Profissional.

A prova objetiva teve um total de 120 questões, no estilo tradicional do Cebraspe/Cespe, “certo ou errado”. A distribuição ocorreu da seguinte forma: Língua Portuguesa (20), Raciocínio Lógico-Matemático (8), Informática (6), Noções de Física (6), Ética no Serviço Público (4), Geopolítica Brasileira (4), História da PRF (2), Legislação de Trânsito (40), Noções de Direito Administrativo (5), Noções de Direito Constitucional (5), Noções de Direito Penal (6), Noções de Direito processual penal (4), Legislação Especial (5), Direitos Humanos e Cidadania (5).

A prova discursiva tratou de tema afeto às atividades do Policial Rodoviário Federal. Os candidatos deveriam escrever um texto sobre “O combate às infrações de trânsito nas rodovias federais brasileiras”.

O teste de capacidade física foi de caráter apenas eliminatório, ou seja, não influencia na classificação final do concurso. As provas realizadas foram: Teste de Flexão em barra fixa; Teste de Impulsão Horizontal; Teste de Flexão Abdominal; Teste de Corrida de 12 minutos.

Os candidatos aprovados no exame de capacidade física são convocados para a avaliação de saúde. A avaliação psicológica é o famoso “teste psicotécnico“, para o qual serão convocados aqueles que tiverem sido aprovados na avaliação de saúde.

A avaliação de títulos é uma fase classificatória do concurso PRF. A pontuação máxima que um candidato pode obter é de 5 pontos.

A investigação social é fase de caráter meramente eliminatório, sendo conduzida pela própria PRF. Segundo o edital, o candidato será submetido à investigação social no decorrer de todo o concurso público, desde a inscrição até o ato de nomeação.

 

 

Informativos Mega

Para receber nossos informativos pelo whatsapp, pedimos por gentileza, que adicione nosso número em seus contatos: 31-99728-5431