FALE CONOSCO

31   3270-3999

WhatsApp

31 99907-4531

Concurso

Polícia Rodoviária Federal – Policial Rodoviário

A Polícia Rodoviária Federal (Concurso PRF) poderá entrar em colapso caso o governo federal não autorize a realização de novo concurso público. O alerta é do diretor-geral da própria PRF, Renato Antônio Borges Dias.

A insuficiência de efetivo é o grande gargalo das ações operacionais da PRF em todo o Brasil. Atualmente, o seu deficit de pessoal está na casa de 2.800 policiais e, se não for realizado um concurso imediatamente, esse número poderá passar de 4.800 até o fim de 2018.

A perda, considerada significativa, se dará em decorrência das aposentadorias projetadas para o próximo ano, em torno de 2.053.

Segundo o diretor, além dos prejuízos às suas atividades operacionais, a PRF será obrigada a fechar 124 postos no País. Havendo essas desativações, pelo menos 400 municípios serão prejudicados pela suspensão de policiamento em 18 mil quilômetros de rodovias.

Em julho, algumas atividades administrativas e operacionais da corporação foram suspensas em razão da falta de pessoal.

De acordo com informações da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), o pedido feito no fim do mês de julho é para oferta inicial de 2.778 vagas para a carreira de policial rodoviário federal. O pedido é analisado no Ministério do Planejamento (MPDG).

A pretensão da PRF é que ocorra, ainda em 2018, a formação de quatro novas turmas com 800 novos policiais. Na solicitação, o DPRF argumenta que vários servidores se aposentaram nos últimos quatro anos, deixando uma lacuna de quase 3 mil vagas em aberto, o que prejudica a segurança das rodovias.

No mesmo memorando encaminhado ao Planejamento, o Departamento sugeriu que seja autorizada um concurso público sempre que o número de vagas exceder a 5% dos respectivos cargos, ou, com menor número, de acordo com a necessidade e critério do Ministério da Justiça. Tal efeito tornaria o processo ainda mais célere e menos burocrático.

A FenaPRF já apresentou estudos que colocam como ideal o efetivo de 15.605 PRFs nas ruas. Atualmente, o efetivo é de 10.320 policiais, bem abaixo do efetivo legal, de 13.098.

A remuneração inicial  para o cargo é de R$9.043,00.

Último concurso

No último concurso a seleção se deu por meio de provas objetivas e discursivas, exame de capacidade física, avaliações de saúde, psicológica, de títulos, investigação social e curso de formação profissional. As provas escritas foram sobre Língua Portuguesa, Matemática, Ética no Serviço Público, Noções de Informática, de Direito Constitucional, de Direito Administrativo, de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial e Relativa à PRF, Direitos Humanos e Cidadania e Física Aplicada à Perícia de Acidentes Rodoviários. O exame físico foi composto pelos testes de flexão em barra fixa, de impulsão horizontal, de flexão abdominal e de corrida de 12 minutos.

Fonte: Correio do Estado 

 


Provas Online

Polícia Rodoviária Federal Policial Rodoviário Federal

Informativos Mega

Para receber nossos informativos pelo whatsapp, pedimos por gentileza, que adicione nosso número em seus contatos: 31-99728-5431